top of page

Como fazer uma boa gestão de medicamentos

A gestão de medicamentos é um aspecto fundamental para o bom funcionamento de clínicas, farmácias e hospitais. Quando não é realizada de maneira adequada, podem surgir diversos problemas que afetam a qualidade do atendimento aos pacientes. Portanto, neste artigo, vamos abordar como melhorar a gestão de medicamentos em sua clínica ou hospital, trazendo dicas e boas práticas que podem ser implementadas para garantir mais eficiência, segurança e qualidade.


Controle de estoque

Um dos principais desafios que podem ocorrer na gestão de medicamentos é a falta ou excesso de medicamentos em estoque. Para evitar, é importante realizar um controle adequado, definindo uma política de estoque, níveis mínimos e máximos para cada medicamento, além de controlar a entrada e saída de substâncias.

Farmácia

De acordo com uma pesquisa realizada pela Fundação Instituto de Administração (FIA), em parceria com a Associação Brasileira de Distribuição e Logística de Produtos Farmacêuticos (Abradilan), a falta de medicamentos em estoque é um dos principais problemas enfrentados pelas farmácias. Segundo a pesquisa, 84,7% dos entrevistados afirmaram que já ficaram sem algum medicamento em seu estoque nos últimos 12 meses, o que revela a importância do tópico.


Armazenamento adequado

Outro aspecto importante na gestão de medicamentos é o armazenamento. É preciso garantir que os medicamentos sejam armazenados em condições adequadas de temperatura, umidade e iluminação, de acordo com as recomendações dos fabricantes. Além disso, os locais devem ser limpos e organizados, para evitar contaminações e problemas de saúde.


Segundo uma pesquisa realizada pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), cerca de 20% dos medicamentos vendidos em farmácias e drogarias no Brasil estão fora das condições adequadas de armazenamento. Isso pode comprometer a eficácia dos medicamentos e causar prejuízos à saúde dos pacientes.


Prazos de validade

Os prazos de validade também são parte essencial na gestão. É preciso garantir que os medicamentos estejam dentro do prazo antes de serem disponibilizados aos pacientes. Estabelecer uma política de descarte adequada para medicações vencidas, garantindo a segurança e a qualidade dos medicamentos disponibilizados aos pacientes, é o ideal.


De acordo com uma pesquisa realizada pelo Conselho Federal de Farmácia (CFF), cerca de 20% dos medicamentos vendidos no Brasil estão vencidos ou com prazo de validade próximo do fim. A sua empresa não pode estar dentro da estatística, certo?


Registro de entrada e saída de medicamentos

De acordo com um estudo realizado pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), a falta de um sistema informatizado para controle de estoque e de registros é um dos principais problemas enfrentados pela maioria das instituições de saúde no Brasil. Isso pode levar a problemas como a falta de medicamentos, desperdício de recursos e falhas na prestação de contas.


O controle do fluxo de entrada e saída é uma das melhores práticas de gestão adequada de medicamentos. Para tal, é necessário garantir que todas as entradas e saídas de medicamentos sejam registradas de forma precisa e organizada, a fim de evitar confusões.


Recomenda-se o uso de sistemas informatizados específicos para a gestão de medicamentos, pois estes permitem o controle em tempo real do estoque, o registro de entradas e saídas de medicamentos, além de possibilitar a identificação de problemas de forma mais rápida e eficiente.


Medicamentos


Engajamento medicamentoso de pacientes em clínicas e hospitais

Para clínicas e hospitais que realizam atendimento, acompanhamento e gestão de tratamentos de saúde dos pacientes, monitorar seu engajamento é essencial, ou seja, possuir métricas sobre a ingestão das substâncias nos horários estipulados.


Mas como fazer isso? É simples, com o dispositivo IoT da Renovatiomed! Nossa solução funciona como organizador que facilita a gestão e monitoramento do tratamento. Com ele, é possível separar as doses e horários de ingestão,



Considerações

A gestão de medicamentos é um aspecto fundamental para a eficiência, segurança e qualidade do atendimento em clínicas, farmácias e hospitais. Ao seguir as boas práticas apresentadas neste artigo, é possível melhorar a gestão de medicamentos em sua instituição, evitando problemas de estoque, armazenamento e prazos de validade vencidos.



Referências:

FIA e Abradilan. (2019). Pesquisa de mercado: Farmácias e drogarias. Recuperado em 6 de maio de 2023, de <http://www.abradilan.com.br/Pesquisa/pesquisa-de-mercado-farmacias-e-drogarias/>


Anvisa. (2017). Guia de armazenamento de produtos para saúde. Recuperado em 6 de maio de 2023, de <https://www.gov.br/anvisa/pt-br/assuntos/regulados/produtos/medicamentos/arquivos/guia-de-armazenamento-de-produtos-para-saude>


Conselho Federal de Farmácia. (2018). Panorama da assistência farmacêutica no Brasil. Recuperado em 6 de maio de 2023, de <https://www.cff.org.br/userfiles/file/Panorama%20da%20assist%C3%AAncia%20farmac%C3%AAutica%20no%20Brasil.pdf>


Universidade Federal do Rio Grande do Sul. (2019). Avaliação da gestão de medicamentos em hospitais públicos do Rio Grande do Sul. Recuperado em 6 de maio de 2023, de <https://www.ufrgs.br/tesesPPGCFS/teses_defendidas/AVG%20-%20Avalia%C3%A7%C3%A3o%20da%20gest%C3%A3o%20de%20medicamentos%20em%20hospitais%20p%C3%BAblicos%20do%20Rio%20Grande%20do%20Sul.pdf>

Posts recentes

Ver tudo

Comments


Assine nossa newsletter

e fique por dentro das novidades

bottom of page